screen-shot-2013-07-30-at-7-15-22-am

A Miley Cyrus está sendo processada por um suposto plágio

Um músico jamaicano de reggae chamado Michael May, também conhecido pelo nome artístico “Flourgon”, está processando Miley Cyrus e os demais compositores do single “We Can’t Stop” (do álbum “Bangerz” de 2013), em 300 milhões de dólares por violação de direitos autorais.

O músico alega que a faixa de Cyrus copia parte de sua canção chamada “We Run Things”, de 1988. O trecho de May diz “we run things, things no run we”, e a da cantora diz “we run things, things don’t run we”.

De acordo com o compositor, sua música chegou a ser a “favorita entre os amantes do reggae no mundo todo”, alcançando a primeira posição da parada musical na Jamaica.

Além do valor estabelecido, Michael May pede que a cantora pare de se apresentar com a música e pare de lucrar com as vendas relacionadas à canção.

Confira as duas versões:

Via: Vagalume

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *