destaque.fw

Após 8 anos, Centro Esportivo Pita reabre as portas em Cubatão

Completamente remodelado, o Centro Esportivo Pita foi entregue neste sábado (15) com uma programação especial. A cerimônia começou às 9 horas, com as apresentações do grupo de ginástica da professora Vera Tibúrcio, da Secretaria de Municipal de Esportes (Semes), grupo de caratê Ken in Kan do professor Allan Vicente, grupo de judô do professor Fabiano Coltro e, por último, da Associação Santista de Capoeira.

Em seguida, as autoridades participaram da solenidade de reabertura. “Cubatão tem dado passos significantes a cada dia. E isso só tem sido possível graças à união do Poder Público e da sociedade. Somente unidos conseguiremos avançar. Agradeço especialmente aos servidores que se empenharam para este dia”, declarou o prefeito Ademário Oliveira.

Em sua fala, o secretário de Esportes e Lazer, Mauro Haddad Nieri, agradeceu a todos que se dedicaram à reforma desse espaço e ressaltou a importância do Centro. “Cubatão não merecia ficar mais um dia com estas portas fechadas. O esporte merece esse protagonismo. Investir no esporte é investir em cidadania, em qualidade de vida e futuro”, declarou.

Já o vereador Anderson de Lana mencionou o Centro de Artes Marciais que funcionará no Pita. Como autor de emenda impositiva (que destina verba para projetos específicos) com esse objetivo, citou: “Vamos inaugurar em fevereiro o espaço. Com o esporte, ofereceremos uma cidade melhor a todos”.

Por sua vez, o presidente da Câmara, Rodrigo Ramos Soares, relembrou os tempos em que treinou basquete no antigo Pita. “O esporte proporciona cidadania e disciplina. São aprendizados importantes para qualquer área que sigamos na vida”.

Também estiveram presentes os secretários Benaldo Melo de Souza (Obras), Fabiano Caldeira (Comunicação), Sebastião Ribeiro do Nascimento (o Zumbi, de Assistência Social), Cesar da Silva Nascimento (Governo), Vanessa Toledo (Cultura) e a chefe de gabinete Renata Almeida dos Santos. Pelo Legislativo, compareceram os vereadores Márcio Silva Nascimento (Marcinho), Laelson Batista Santos (Lalá), Joemerson Alves de Souza (Cleber do Cavaco) e Fábio Alves Moreira (Roxinho).

Em seguida, os alunos da Escolinha de Futsal da Semes participaram de torneio com premiação. Neste domingo (16), a partir das 10 horas, ocorre cerimônia de entrega de faixas realizada pelo grupo de judô do professor Fabiano Coltro.

Reforma – Após oito anos fechado, o espaço foi totalmente reformado. Situado na Rua Arlindo Leandro, 13, na Vila Nova, o Centro Esportivo Pita foi totalmente modernizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras.

Houve grandes mudanças em relação ao projeto original, destinadas, principalmente, a garantir melhor segurança, mais espaço e acessibilidade. A cobertura foi totalmente reformada; as áreas com recalque (principalmente a quadra) receberam novo estaqueamento. Um novo centro administrativo e vestiários foram construídos no pavimento térreo. A quadra foi ampliada, passando de 16m x 25m para 19m x 32m.

Além disso, o salão de ginástica foi aumentado; sanitários e vestiários foram adaptados; a rampa externa, refeita. Tanto as áreas internas, como as externas, ganharam nova pintura e os equipamentos esportivos foram reformados.

Artes Marciais – Em sua nova fase, o Pita oferecerá uma nova opção para os esportistas cubatenses. É o Centro de Artes Marciais que treinará adolescentes e adultos, sem limite de idade, em diversas modalidades. A criação do Centro é uma iniciativa do vereador Anderson de Lana Andrade, que destinou emenda impositiva da Câmara Municipal de R$ 300 mil para equipá-lo e adquirir material de treinamento.

Vai funcionar no piso superior e, entre as diversas modalidades, oferecerá treinos de jiu-jitsu, muay-thai, tae-kon-do e kickboxing. A Associação Deus é Fiel – que, no último dia 7, assinou convênio com a Prefeitura para administração deste Centro – foi declarada de utilidade pública em 19 de maio de 2017 pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Homenagem

Inaugurado em 1988, o Centro Esportivo Pita é o mais novo dos complexos esportivos da cidade. Recebeu este nome em homenagem a Edivaldo Oliveira Chaves, o Pita.

Nascido em 1958 no Rio de Janeiro, mas desde pequeno residente no Jardim Casqueiro, Pita fez uma carreira vitoriosa no futebol. Começou jogando em times amadores locais, treinou uns meses na Portuguesa Santista e, em 1978, já era profissional no Santos FC, pelo qual foi campeão paulista naquele mesmo ano. Depois, foi para o São Paulo FC, onde conquistou dois títulos paulistas, em 1985 e 1987, e foi campeão brasileiro em 1985. Foi convocado para a Seleção Brasileira em 1980 e 1987. Jogou também na França (Racing Strasbourg) e no Japão (Nagoya Grampus).

Contribuição de texto: jornalista Paulo Mota
Texto: Marisol de Andrade – MTb 58.160
Via: Prefeitura Municipal de Cubatão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *