imagem destaque.fw

IZA, do “Musica Boa Ao Vivo”, fala sobre representatividade: “Nosso lugar é onde a gente quer estar”

IZA já está conquistando o Brasil com sua música, mas a gata está enfrentando um novo desafio agora. Afinal, a carioca foi convidada para apresentar o “Música Boa Ao Vivo”, do Multishow, e já tinha contado para o Purebreak como estava se sentindo com esse novo passo. Mas se engana quem pensa que isso é importante apenas para sua carreira: a musa comentou também sobre a representatividade dessa ação e como isso vai ajudar seus fãs.

“Eu sempre falo que representatividade importa pra caramba. Eu não me via na TV, eu não nos brinquedos que eu comprava, eu não me via nos desenhos, eu não me via em quase lugar nenhum quando eu era criança, então eu achava que ou tinha uma coisa errada comigo, ou que aquele lugar não era pra mim, porque eu não me via naquele lugar, eu não vislumbrava aquele lugar. E aí a partir do momento que tem uma menina negra, de Olaria, Zona Norte do Rio e que tá apresentando um programa de muita audiência, num canal que é super importante hoje, eu tenho certeza que muitos meninos e meninas vão se sentir representados hoje e ver que nosso lugar é onde a gente quer estar”, comentou.

IZA ainda falou um pouco sobre a competição que as mulheres são colocadas: “Hoje eu acho que a gente tenta cortar estereótipos, a gente fala muito de empoderamento, de ser você, de não ter corpo ideal, mas a gente continua sendo comparada, a gente continua sendo colocada em um pódio e é óbvio que estar dentro de um padrão que a sociedade considera bonito existe, sim. Eu não acho isso bonito, mas infelizmente é assim que o mundo está funcionando”. Certíssima, né?

Via: Purebreak

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *