destaque.fw

Rajadas de vento de quase 90 km/h causam transtornos em cidades da Baixada Santista

Fortes rajadas de vento de até 88 km/h provocaram queda de árvores, marquise e deixaram moradores sem luz em diversas cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, na madrugada deste sábado (25).

De acordo com o climatologista Rodolfo Bonafim, na Estação Vila Belmiro, em Santos, a velocidade do vento chegou a 61 km/h. Com os ventos vindo de oeste/sudoeste, ou seja, do mar para a costa, a orla da praia foi o local mais atingido. No bairro Boqueirão, rajada máxima de 88 km/h.

Já em Guarujá, na praia de Pitangueiras/Astúrias, a ventania chegou a 79km/h. Ainda de acordo com o climatologista, as rajadas podem persistir durante o dia e a chuva pode vir forte em alguns momentos.

Marquise de um posto de combustíveis caiu na Nossa Senhora de Fátima após ventania em Santos, no litoral de São Paulo. (Foto: G1 Santos)
Marquise de um posto de combustíveis caiu na Nossa Senhora de Fátima após ventania em Santos, no litoral de São Paulo. (Foto: G1 Santos)

Na Avenida Nossa Senhora de Fátima, em Santos, a marquise de um posto de combustíveis caiu durante a madrugada. Segundo a Defesa Civil, ninguém ficou ferido. Na Rua Vítor de Lamare, no bairro Boqueirão, uma árvore caiu, mas também não deixou feridos.

De acordo com a CPFL, o vendaval que atingiu a Baixada Santista interrompeu o fornecimento de energia elétrica para 8 mil clientes no município de Santos. As equipes da CPFL Piratininga foram imediatamente acionadas e já restabeleceram a maioria dos clientes afetados. As equipes continuam trabalhando nos reparos, sendo que no momento atuam em casos pontuais que serão solucionados até o final da manhã desta sábado.

Alerta

A Defesa Civil de Santos emitiu um alerta, na sexta-feira (24), para a possibilidade de ventos moderados provenientes do Sul, que podem resultar em ondas que ultrapassem os 2 metros de altura. O motivo é a chegada de uma frente fria à região neste fim de semana.

Ainda de acordo com o órgão, há previsão, também, de elevação do nível do mar, que pode ultrapassar 1,7m às 15h de domingo (26), na Baía de Santos, e 1,8m no interior do Estuário. Na segunda-feira (27), a maré pode atingir cerca de 1,8m na Baía de Santos, e mais de 2m no interior do Estuário, às 3h.

A maré alta, somada às chuvas moderadas previstas para o fim de semana, deve causar alagamentos em áreas como a Zona Noroeste da cidade.

Via: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *